Bancada federal cobra de Secretário Executivo do MDS a não exclusão do RN em Convênio de implantação de cisternas no semiárido.

por Antonio Daniel da Silva publicado 22/02/2018 10h45, última modificação 22/02/2018 10h45

Em audiência com o Secretário de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), Caio Rocha, ontem, a bancada federal do Rio Grande do Norte e o coordenador da Asa Potiguar, José Procópio de Lucena, cobraram a não exclusão do RN na  contratação do Termo de Parceria a ser celebrado entre o MDS e a Associação Programa Um Milhão de Cisternas para o Semiárido.

Para o coordenador da bancada federal do estado, deputado Felipe Maia (DEM), a medida é de extrema importância para população que mora nas zonas rurais. “O objetivo é reverter essa decisão. O Convênio visa à implantação de tecnologias sociais de acesso à água em escolas e/ou domicílios localizados na zona rural, beneficiando milhares de famílias potiguares”, afirmou o parlamentar.

De acordo com o deputado federal Felipe Maia o encontro foi positivo.“O Secretário se comprometeu em definir, junto ao Ministro Osmar Terra, alternativas para reverter a situação do Convênio e viabilizar a liberação de recursos para a implantação das cisternas no semiárido potiguar”, explicou.

Durante a reunião, foi acordado que nos próximos dias será feita uma audiência pública, na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal, para discutir a temática, com a presença de representantes do Ministério de Desenvolvimento Social.

 


Publicado em Política em foco, por Blog Política em Foco.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.